A partir de 1 de setembro, a Gol Linhas Aéreas lança o portal ‘Gol no Ar’, onde os clientes, por meio de conexão Wi-fi, vão poder ter acesso a conteúdo por meio de iPhones, Ipads, iPodsTouch, netbooks e notebooks equipados com a tecnologia sem fio. Futuramente, promete a companhia, o serviço estará disponivel para outros tipos de tablets e smartphones.

“A inovação está no DNA da GOL e foi com muita criatividade que desenvolvemos para os nossos clientes, uma opção de entretenimento de bordo que oferece programação de alta qualidade, com baixos custos com implantação”, destaca Claudia Pagnano, vice-Presidente de Mercado e Novos Negócios da GOL, em comunicado distribuído ao mercado.

O novo entretenimento de bordo da GOL, batizado “GOL NO AR”, vai disponibilizar conteúdos variados, com notícias e artigos de jornais e revistas, programas de TV, esportes, jogos e canais de músicas para gostos diversos. O acesso poderá ser realizado durante o voo e o conteúdo será atualizado automaticamente a cada pouso em nove aeroportos: São Paulo/Congonhas, São Paulo/Guarulhos, Rio de Janeiro/Santos Dumont, Rio de Janeiro/Tom Jobim-Galeão, Belo Horizonte/Confins, Salvador, Porto Alegre, Brasília, Belém e Fortaleza.

De acordo com o Diretor de Inovação e Novos Negócios da GOL, Ubiratan da Motta, os primeiros meses serão importantes para que a empresa entenda o comportamento dos clientes, proporcionando o contínuo aperfeiçoamento do serviço. “Conseguimos inovar em três frentes: criando uma solução em tecnologia, uma solução para a indústria e no relacionamento com o cliente”, diz Ubiratan. Equipes da GOL trabalharam 14 meses no desenvolvimento do portal, que será utilizado pelos clientes gratuitamente.

A instalação dos equipamentos necessários na frota será gradual, sendo que o sistema já está implantado em 35 aeronaves. Neste primeiro momento, a companhia vai oferecer o produto em cerca de 250 voos diários, principalmente na Ponte Aérea entre Rio de Janeiro e São Paulo, o mercado mais movimentado do Brasil. A previsão é que haja expansão para cerca de 380 voos diários até o fim do ano.

“Os trabalhos de instalação são ágeis. Não há a necessidade de retirar os aviões de operação, como convencionalmente se faz no setor”, aponta a vice-presidente de Mercado e Novos Negócios da Gol. “Assim, além de melhorar a experiência de viagem dos nossos clientes, nossa solução não interfere no desempenho dos voos, pois não há aumento de peso da aeronave e, consequentemente, de consumo de combustível”, completa.

Fonte: Convergência Digital

No responses yet

Deixe uma resposta