Pesquisa da Gartner revela que 25% dos servidores instalados nas redes serão máquinas virtuais até o final de 2010.

Um estudo da consultoria Gartner comprova que a virtualização entrou, definitivamente, na pauta de prioridade das organizações. Segundo o levantamento, 80% das companhias ao redor do mundo têm planos para implementar esse tipo de projeto.

As estimativas da consultoria indicam ainda que, até o final de 2010, um em cada quatro servidores de rede será uma máquina virtual.

Apesar do aumento da adoção desse modelo, a Gartner considera que a virtualização é um dos grandes desafios da infraestrutura de TI até 2015, pelo fato de se tratar de uma arquitetura que muda a forma de gerenciar, comprar e implementar aplicações.

O vice-presidente de pesquisas da Gartner Philip Dawson ressalta que a virtualização melhora a eficiência de TI e os modelos de entrega, permitindo processamento na nuvem. No entanto, ele constata que é uma arquitetura que precisa evoluir para automatizar o gerenciamento e virtualizar os recursos da rede.

A consultoria prevê um crescimento dos projetos para virtualização de desktops. Essa tendência será impulsionada por garantir que os administradores tenham uma gestão centralizada, bem como reduzam custos. Mas Dawson ressalta que as companhias precisam ter maturidade no uso da tecnologia para entregarem essa plataforma para seus funcionários, principalmente quando possuem milhares de profissionais.

Fonte: IDG Now!

No responses yet

Deixe uma resposta