Estudo realizado pela Ipsos a pedido da Intel mapeou o uso de tecnologia pelas micro e pequenas empresas brasileiras

Boa parte das empresas brasileiras (38%) ainda não tem um departamento de tecnologia da informação (TI) estruturado. É o que mostra pesquisa realizada pela Ipsos a pedido da Intel. Segundo o estudo, feito entre setembro e outubro de 2009 com 1.500 empresas de 3 a 200 funcionários e divulgado nesta semana, em quase metade dos empreendimentos nos quais há o departamento, ele possui função puramente técnica, sem um profissional especializado em análise estratégica dos investimentos e práticas em TI.

O resultado é ainda mais preocupante para as microempresas que contam com menos de 10 funcionários. Esses empreendimentos, em sua grande maioria, não contam com técnicos especializados e cerca de um terço não possui serviço terceirizado de manutenção e suporte. “Ainda há uma baixa penetração tecnológica nas pequenas e médias empresas”, afirma Fábio Tagnin, diretor do programa Intel World Ahead.

A conclusão da pesquisa é que as micro e pequenas empresas fazem um uso inadequado ou insuficiente de tecnologia. “Elas não podem continuar vivendo fora do mundo digital”, afirma Cássio Tietê, diretor de marketing da Intel Brasil.

A pesquisa também mostra que, dentre os entrevistados, apenas 27% oferecem a opção de trabalho remoto, e o serviço online mais utilizado é o e-mail (80%), enquanto serviços teoricamente mais complexos, como sistema de vendas e aplicações para clientes ficam abaixo de 50%.

Fonte: PEGN – pegn.globo.com

No responses yet

Deixe uma resposta